Unicamp suspende obrigatoriedade da máscara

Máscaras

Depois de dois anos e quatro meses, o uso de máscara como medida de prevenção contra a covid-19 vai deixar de ser obrigatório na Unicamp. De acordo com a coordenadora-geral da Universidade, a infectologista Maria Luiza Moretti, o uso do equipamento de proteção passa a ser facultativo a partir do dia 20 de setembro nos ambientes internos dos campi e dos colégios técnicos – como salas de aula e setores administrativos. Ela diz, no entanto, que a Universidade continua recomendando o uso da proteção, especialmente para aqueles com 60 anos ou mais, portadores de comorbidades, imunossuprimidos e/ou que estejam apresentando sintomas respiratórios. A coordenadora alerta ainda que a obrigatoriedade será mantida para toda a área da saúde – caso de hospitais, ambulatórios, consultórios e postos de saúde.

Leia no site da Unicamp.