Ingressantes do IG plantam árvores durante a Calourada 2020

Pkantio

Durante a Calourada 2020, uma proposta da Pró-Reitoria de Graduação, dentro do eixo Responsabilidade Ambiental, busca contribuir com a preservação e conservação do meio ambiente através do plantio de árvores no campus por ingressantes e veteranos. Todas as unidades receberam ou vão receber mudas de árvores.

Segundo Camila Alonso, engenheira florestal que acompanhou o plantio no Instituto de Geociências, a Divisão de Meio Ambiente da Prefeitura do Campus entrou como parceiro para fazer o projeto de avaliação das redes subterrâneas, do melhor local e da melhor espécie para cada unidade. 

Calpourada
Camila Alonso e os docentes do IG Vicente Eudes e Wanilson Silva falam sobre a espécie para os ingressantes

Cada árvore tem um QR Code que contém informações da espécie, a posição geográfica da árvore, a data de plantio, fotos do plantio e informações da Calourada. Isso foi possível graças a uma parceria entre a PRG e uma empresa que cedeu as placas de QR Code  e uma nuvem, onde as informações da árvore ficam armazenadas.

A ideia é que os calouros apadrinhem as árvores e acompanhem o seu crescimento. O IG recebeu na quinta, 5, duas mudas frutíferas: uma de grumixameira, cujo nome científico é Eugenia brasiliensis e, por isso, por foi batizada de Eugênia; e uma muda de pitangueira, cujo nome científico é Eugenia uniflora. Essa última foi batizada de Camila Pitanga - uma junção do nome da engenheira florestal que acompanhou o plantio e o nome da fruta produzida pela espécie. 
 

Eugênia
Eugênia e os estudantes de Geografia e Geologia

Após o plantio e dentro das atividades da calourada do IG, os novos alunos e novas alunas de Geografia e Geologia conheceram a Biblioteca Conrado Paschoale.

Biblioteca
A diretora Cássia Silva dá as boas-vindas e explica como a Biblioteca funciona

Redação e fotos: Eliane Fonseca

Início