Greco
Ralph Charles
Regina Célia de Oliveira
Guilherme Almussa Leite Torres
Roberto Greco
DPCT


Resumo
Na República do Haiti, a agricultura é um dos principais setores econômicos. No Departamento Oeste, mais da metade da população vive em áreas rurais e usa a agricultura como principal fonte de subsistência. Este estudo analisa as implicações ambientais no Departamento Oeste do Haiti sobre a aptidão agrícola para as principais culturas da região. Para tanto, o relevo, a pedologia e o clima foram considerados como fatores ambientais relevantes para a determinação da aptidão agrícola, bem como as características fisiológicas das plantas. Assim, para esta análise, com base em literatura científica especializada, dados de relevo, pedologia e clima, realizou-se a confecção de mapas, gráficos e tabelas. Os resultados mostram que, devido às condições ambientais desfavoráveis, a produção agrícola no Departamento Oeste ainda é precária, resultando em menor produção de alimentos para consumo local. Ao considerar a tolerância à falta de água de algumas culturas, conclui-se que o plantio em menor escala com foco na alimentação familiar e no comércio local é viável para milho, feijão e mandioca.

Palavras-chave: segurança alimentar, condições ambientais, Geografia física, Haiti